terça-feira, 5 de julho de 2016

Procuro-te





Procuro-te
no infinito das estrelas
mas não te encontro
procuro o teu olhar
o teu sorriso
mas não te encontro
procuro aquela tua maneira de falar
aquele teu sorriso
em vão
pois não te encontro
já corri o universo
com o meu olhar
em vão pois não te encontro
será que existes
ou serão só sonhos meus
esperanças
de que um dia
eu mesmo sem olhar
te vá encontrar
aqui ao virar da esquina
mas até agora bem te procuro
mas não te encontro
Enviar um comentário